Rua Marujos do Brasil, 42 - Nazaré - Salvador / BA - CEP: 40.040-485
Clipping

Portal STJ - 3 e UMA: o novo programa de TV do STJ conta histórias de mulheres inspiradoras

A Secretaria de Comunicação Social do Superior Tribunal de Justiça (STJ) coloca no ar mais uma produção com histórias de mulheres inspiradoras. A ideia é fomentar a igualdade de gênero e a política nacional de incentivo à participação institucional feminina.

O programa 3 e UMA é apresentado por três jornalistas que atuam na Coordenadoria de TV e Rádio do STJ. São elas: Samanta Peçanha, Fátima Uchôa e Katia Gomes.

Clique na imagem para assistir ao primeiro episódio:

Vale lembrar trecho de artigo da presidente do STJ, ministra Maria Thereza de Assis Moura, publicado durante a campanha "21 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher". Na publicação, ela afirmou que "a distribuição equitativa de oportunidades de participação na vida econômica e política é um pressuposto dos demais aspectos da igualdade de gênero".  

O programa dará visibilidade às mulheres que têm se destacado em diversas áreas, desenvolvendo projetos de impacto social e abrindo caminho em terrenos antes inóspitos para o feminino. O 3 e UMA tem o formato de uma conversa leve e descontraída, sem perder o foco na carreira, na experiência e na atuação profissional da convidada.  

Para a secretária de Comunicação Social do STJ, Natália Lambert, o novo programa serve para evidenciar a mensagem de que o lugar da mulher é onde ela quiser. E ela reforça: "O espaço não é apenas de mulheres para mulheres. O programa pretende ampliar o debate para todos. A igualdade de gênero pressupõe inclusão, e não exclusão, e ela só será realmente possível com a participação e o interesse dos homens. As histórias de vida dessas mulheres que participarão do 3 e UMA servem de inspiração para qualquer pessoa, de qualquer gênero", explica.

Estreia do programa tem entrevista com embaixadora da Suécia
Na estreia do programa, a embaixadora da Suécia no Brasil, Karin Wallensteen, conta como foram os 20 anos no Ministério das Relações Exteriores daquele país tratando de temas delicados na área dos direitos humanos, como os refugiados e a igualdade de gênero. A diplomata relata, também, experiências de seu país que podem ser replicadas no Brasil. 

O coordenador de TV e Rádio do STJ, Eduardo Moura, explica que o 3 e UMA é um programa que segue a tendência do mercado de comunicação: um programa multiplataforma, que busca chegar aos mais diversos públicos.  

"O programa está em formato de vídeo e em podcast. O 3 e UMA será exibido na TV Justiça, na rádio e no canal oficial do STJ no YouTube; e publicado nas plataformas de áudio, como Spotify, Apple Podcast e Deezer'', destaca.  

A primeira temporada do 3 e UMA começa nesta quinta-feira, 23 de março. Assista no canal do STJ no YouTube.