Servidores do Judiciário participam de palestra sobre Novembro Azul e Dia da Consciência Negra.

  • Publicado: 25 Nov 2022 - 13:22
  • 282 Visualizações

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia – Sinpojud promoveu, nesta quinta-feira, 24 de novembro, a Roda de Conversa sobre a Campanha “Novembro Azul” e Dia da “Consciência Negra”. A ação realizada, de forma presencial, e, pelo canal do facebook do Sinpojud, com a presença do psicólogo, João Marcos de Oliveira (Mestre em Psicologia), o médico urologista, Dr João Dias, e a diretoria, o Presidente, Manuel Suzart, diretoria de Finanças, Maria José (Zezé), diretor Jurídico, Marcelo Castro, o diretor Administrativo e Patrimônio, Clay Santos, diretora de secretaria, Carmen Maria, diretor de Formação, Robertoni Mercês. O evento é uma construção coletiva entre as pastas: Cultura, Artes, Esporte e Lazer e Assuntos Sociais, respectivamente, com a diretoria Maria Lenilda e Carmem Regina, além de convidados e funcionários da entidade.
 
“Acho importante proporcionar aos nossos colegas servidores uma palestra sobre Novembro Azul, já que, em geral, nota-se que a maioria da população masculina tem certo receio ou resistência em procurar atendimento médico, o que os deixam mais vulneráveis a qualquer doença que necessite de prevenção, a fim de minimizar os efeitos colaterais do próprio tratamento”, pontuou a diretora Carmen Regina. 

Foram abordados conceitos associados à doença e sintomas, como também as maneiras de prevenir um diagnóstico positivo. Conforme o médico urologista, Dr João Dias, a próstata é uma glândula masculina localizada abaixo da bexiga e à frente do reto, e durante seu funcionamento algumas células podem se desenvolver e multiplicar de forma anormal, provocando, então, o surgimento de um tumor. “Por isso, fico feliz ao ver o auditório com essa participação, à falta do autocuidado e por não buscarem um serviço de saúde rotineiramente como fazem as mulheres, alguns homens descobrem tardem, mas essas ações do sindicato são importantes para alertar e mostrar a importância do cuidar do colega servidor e os seus trabalhadores”, salientou Dr João Dias.


O psicólogo, João Marcos de Oliveira (Mestre em Psicologia), afirmou que esse câncer, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e muitas vezes indolor, porém, alguns diagnósticos podem apresentar um avanço rápido, se espalhando para outros órgãos e podendo causar, inclusive, a morte. “A relação é tão grande entre a medicina e a psicologia, por conta das preocupações que homens começam a ter com passar dos anos. Porque o homem tem toda essa questão de prover a família, resolver as questões familiares, sociais, enfim, e quando ele se vê sem essa questão ele fantasia que não tem mais papel para desempenhar e a tendência é deprimir. Daí a importância do acompanhamento psicológico”, pontuou Marcos.

Explicando a importância do cuidar, dr João Dias, descreveu em um dos seus slides. “Em seu estágio inicial, geralmente não provoca sintomas, enquanto casos avançados podem causar fluxo urinário fraco ou interrompido, vontade de urinar frequentemente à noite (nictúria), presença de sangue na urina ou no sêmen, dores no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos, fraqueza ou dormência nas pernas ou pés e disfunção erétil”, finaliza o médico.

O cuidar é uma das formas mais eficaz de prevenção e é de iniciativa de todos. Vamos as orientações do Dr João Dias: manter uma alimentação equilibrada, não fumar, identificar e tratar adequadamente a pressão alta, diabetes e problemas de colesterol, além de praticar regularmente atividades físicas.

Para o presidente do Sinpojud, Manuel Suzart, reitera a importância desses eventos. “O sindicato vem lutando pelos direitos dos servidores, mas estamos de olhos abertos pela saúde dos colegas, esse encontro é um de muitos outros que vamos fazer juntos. Essas palestras atestam a relevância do nosso papel em fomentar debates aqui na sede e on line para conscientizar e valorizar a nossa preocupação, por exemplo, com a qualidade de vida e a saúde de todos os trabalhadores e vamos continuar a fortalecer eventos não só aqui na capital, mas por toda a Bahia, onde há colegas aposentados e ativos”, pontuou Suzart.

Para a diretora Maria Lenilda (Cultura, Artes, Esporte e LAzer), campanhas como Novembro Azul são necessárias, pois a cultura da prevenção ainda é baixa, principalmente em consideração o universo masculino. “É fundamental a educação para saúde, e o Novembro Azul são necessárias, pois a cultura da prevenção ainda é baixa é fundamental esses eventos e campanha de conscientização e educação para saúde. Nesta linha, de unidade 


Dia da Conscientização 

"O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil. Zumbi foi morto em 1695, na referida data, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho. Atualmente existe uma série de estudos que procuram reconstituir a biografia desse importante personagem da resistência à escravidão no Brasil."

Todos os anos, com a proximidade do dia 20 de novembro, quando se comemora o Dia da Consciência Negra, as discussões sobre o assunto ganham ênfase e a luta pela liberdade e igualdade são lembradas nas figuras de Zumbi dos Palmares e Dandara, que viveram no Quilombo dos Palmares e se tornaram símbolos de luta. É uma data para refletir sobre as posturas adotadas e repensar atitudes, especialmente quando se trata de pessoas brancas.


Para a Paulo França – diretor de Comunicação UNEGRO, o dia 20 de novembro é um dia de resistência. “É uma data para rememorar a luta ancestral e atual que possibilita que a população negra esteja hoje viva. É perceber a importância do movimento negro na busca pela equidade racial e um meio de reafirmar o orgulho pela nossa história. Para muitos, esperamos que o dia seja de reflexão acerca dos seus privilégios e mudança de postura acerca de atitudes racistas”, pontuou Paulo.

Novembro Azul
A Campanha “Novembro Azul” acontece mundialmente durante todo o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os brasileiros e as maiores vítimas são homens com idade a partir de 50 anos.
 

Voltar | Versão para Impressão