Observatório do Assédio Moral e Sexual do Sinpojud é anunciado durante Ciclo de Palestras

19 Maio 2016
O palestrante Dr. Carlos Magno Vieira, anunciou a criação do Observatório de Assedio Moral e Assedio Sexual do Sinpojud, no qual será coordenador, em virtude a sua vasta experiência e conhecimento no âmbito do assédio moral.
Carlos Magno Vieira falou sobre o Projeto, em parceria com a Diretoria Executiva do Sinpojud, que é destinado aos filiados do Sinpojud e que já está com suas instalações quase concluídas para que o Observatório de assédio Moral e Assédio Sexual atenda servidores vítimas desses dois tipos de assédio, que segundo o especialista é “mais comum do que se pensa”, constata.

A apresentação do projeto foi feita durante sua palestra sobre Assedio Moral, neste dia 18 de maio, em Vitória da Conquista, no Ciclo de Palestras do Sinpojud e da Corregedoria das Comarcas do Interior.
O advogado e professor abordou, de maneira descontraída e inteligível, um tema que tem sido tabu em muitas esferas do poder público e privado.
Zenildo Castro, presidente do Sinpojud finalizou o evento, e destacou o brilhante trabalho das Corregedorias e da presidente do TJBA que têm visitado os servidores em suas bases: “Sei que não é fácil visitar tantas comarcas, mas juntos podemos criar um judiciário melhor, conhecendo de perto os problemas dos servidores, principalmente o 1º grau.
Sobre o Observatório do Assedio Moral e Assedio Sexual, Castro pontuou que será mais um beneficio que o Sinpojud oferece à seus filiados. “Ocorre muito dentro do judiciário e com o Observatório daremos todo suporte jurídico e psicológico a esses servidores”, finalizou.