Governo retira PEC 158 de tramitação, mas mobilizações continuam

  • Publicado: 14 Jan 2020, 15:08
  • 1121 Visualizações


O Sinpojud e os demais servidores do funcionalismo público baiano continuaram o protesto na Assembleia Legislativa da Bahia, na manhã desta terça-feira (14), contra a Proposta de Emenda Constitucional 158/2019 que muda as regras da aposentaria dos servidores estaduais e prejudica de forma perversa os trabalhadores.

Após intensa pressão e mobilização dos Sindicatos, o governador Rui Costa encaminhou ofício para a Assembleia Legislativa retirando da pauta de votação a PEC 158/2019, para aprimoramento do texto.

Os servidores continuarão as mobilizações contra Proposta de Emenda Constitucional e esperam que o governador dialogue com as entidades representativas dos trabalhadores e debata as mudanças nas regras da previdência social dos servidores públicos antes da votação da matéria.

“Nosso objetivo principal é negociar e ampliar o debate, para minimizar os danos e garantir a manutenção dos direitos adquiridos. Já estamos sofrendo há cinco anos sem reajuste linear, além do aumento da alíquota para 14% realizada em 2019, é inadmissível essa postura de um governador eleito pelos trabalhadores”, protestou o presidente do Sinpojud, Zenildo Castro.


Lavagem do Bonfim


O Sinpojud convoca a categoria para se juntar ao próximo protesto contra a PEC 158/2019, que será realizado nesta quinta-feira (16), durante a Lavagem do Bonfim, quando todos os servidores do funcionalismo público irão se reunir para denunciar à sociedade a crueldade do Governo Estadual contra os trabalhadores do estado. A concentração será na Praça da Inglaterra às 7h30.

Além do Sinpojud, também participarão do cortejo a APLB-Sindicato, Sindsaúde, Sindsefaz, Sintaj, Sintest, Sispeb, Aduneb, Adusb, Adusc, Adufs, Sindpoc,e as Centrais Sindicais, CTB, CSP Conlutas, CUT e Força Sindical.

Texto: Ascom Sinpojud

Voltar | Versão para Impressão