A Tarde - 'A greve só está no Whatsapp', afirma Rui Costa

  • Publicado: 10 Out 2019, 10:04
  • 66 Visualizações

"A greve só está no zap". Foi o que afirmou o governador Rui Costa durante entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 9, sobre a situação da Polícia Militar (PM). Segundo o gestor, todos os agentes estão trabalhando normalmente, em todos os municípios baianos.

"Não houve nenhuma ocorrência de adesão nos 417 municípios baianos. Nenhuma viatura deixou de ir para a rua circular, nenhum policial deixou de comparecer ao serviço de ontem para hoje. Então, a greve só está no Whatsapp e nos grupos que ele organiza", afirmou Rui, sem citar o nome do deputado estadual Soldado Prisco (PSC), responsável por mobilizar uma parte dos policiais para a greve na noite desta terça-feira, 8.

O governador declarou que trabalha dentro do limite máximo estabelecido pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) e tem investido nos servidores baianos.

"A Bahia é o quarto estado em população, a sexta economia, mas em arrecadação per capita, a Bahia fica, neste ano, apenas em 18º lugar. Tenho orgulho de dizer que se comparar o salário de todos os policiais, dos 27 estados, a Bahia vai estar entre os 10 primeiros. Na minha opinião, é o segundo, mas eu vou dizer entre os três primeiros. Se comparar entre os professores de nível médio e universitário, a Bahia está entre os 10 primeiros. Policiais civis, também", explica.

Sobre a polícia, Rui afirmou que ouviu de vários agentes ter sido o gestor que mais investiu na polícia. "Dezenas de policiais, sargentos, soldados e oficiais que me dizem, de todos os lugares do estado, alguns da reserva, que dizem: ' governador, nunca existiu na Polícia Militar, no Governo do Estado, alguém que desse tanta atenção, tanto cuidado como o senhor dá", disse o governador, que ainda afirmou: "Por isso, tenho orgulho em dizer, que a polícia nunca teve em toda sua história, por exemplo, todas as viaturas com menos de três anos como tem hoje. Nunca teve os equipamentos que tem hoje, nunca teve investimento em tecnologia, em infraestrutura e urbanização que estamos fazendo hoje, finalizou.

Voltar | Versão para Impressão