Diretoria acompanha PP de aproveitamento dos oficiais de justiça no CNJ

  • Publicado: 27 Maio 2019, 16:34
  • 1164 Visualizações

O presidente do Sinpojud Zenildo Castro e o diretor jurídico da entidade, Luiz Félix 'Quixabeira' estiveram no Conselho Nacional de Justiça, na capital Federal, solicitando agilidade no Pedido de Providências nº 0009127-93.2017.2.00.0000 sobre o aproveitamento dos oficiais de justiça da Bahia.



O Processo teve pedido de vista pelo presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli e precisa ter sua decisão proferida o mais breve possível, já que vem prejudicando esses servidores, que até o momento se encontram numa situação instável aguardando uma definição quanto ao aproveitamento.



As informações demonstram que em virtude dos analistas, ocupantes dos cargos em Cartórios Extrajudicial serem servidores do quadro funcional legalmente investidos através de concurso público, o TJBA publicou em Resolução a regulamentação definindo quais cargos poderiam ser inseridos ao crédito de aproveitamento, previsto na lei da privatização que exige a compatibilidade das carreiras de analistas contidos no próprio Edital com os cargos específicos e vagos ofertados para os servidores que estão inseridos neste contexto.



De acordo com o presidente Castro, o aproveitamento vem para contribuir. "A sociedade deve obter celeridade e uma eficiente atuação diante da crescente demanda existente e ausência de servidores nas unidades judiciais de todo estado da Bahia”, pontua.


O diretor jurídico destaca: “estamos atentos e vamos combater qualquer ato que vise causar danos a nossa categoria sempre apresentando a verdade dos fatos e lutando pelo direito dos servidores do Poder Judiciário da Bahia”, explica 'Quixabeira'.

Texto: ASCOM SINPOJUD


Voltar | Versão para Impressão