Sinpojud participa de audiência no MP e cobra soluções para problemas do Planserv

  • Publicado: 21 Fev 2019, 16:06
  • 726 Visualizações

Dirigentes sindicais do funcionalismo público baiano e representantes de entidades de diversas categorias da saúde se reuniram na manhã desta quinta-feira (21) em audiência no Ministério Público da Bahia, para discutir a situação do Planserv e cobrar soluções efetivas para os problemas que o plano de saúde vem apresentando.

Durante a reunião os representantes dos servidores públicos e dos profissionais de saúde relataram as dificuldades que os usuários e os prestadores de serviço estão enfrentando para marcar consultas e exames e como o sistema de cotas tem atrapalhado a continuidade do tratamento de saúde dos usuários do Planserv.

A promotora do Ministério Público da Bahia, Joseane Suzart, anotou em ata todas as declarações e afirmou que encaminhará a manifestação da promotoria e a ata da audiência por e-mail para cada entidade. A promotora também estipulou um de prazo de 10 dias para que as entidades se manifestem com os documentos atinentes as informações prestadas na audiência.


Em abril de 2018 o Sinpojud protocolou denúncia junto ao Ministério Público em favor dos servidores do judiciário baiano, usuários do plano de saúde Planserv, sob número 3.9.66890/2018. Em outubro de 2018 a denúncia foi encaminhada para o Grupo de Atuação Especial na Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (GEPAM).

Para o presidente do Sinpojud, Zenildo Castro, as restrições que os servidores estão passando para utilizar o plano de saúde é uma falta de respeito com os trabalhadores que pagam para ter assistência médica. “O Planserv é um plano de saúde que atende os trabalhadores públicos de todo estado, é patrimônio das famílias de todos os que servem à Bahia e precisamos preservá-lo. Temos que combater a desestruturação do plano”, destaca Castro.

Além da diretora de Assuntos Jurídicos do Sinpojud, Maria José Silva “Zezé”, participaram da reunião representantes do Sindsaúde-Ba, Sindsefaz, Sindmed, Coopanest-Ba, dentre outras.

Voltar | Versão para Impressão