Deferido pedido do Sinpojud para pagamento do passivo dos lineares do PCS

  • Publicado: 25 Jan 2019, 11:52
  • 8085 Visualizações

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, des. Gesivaldo Britto, atendendo ao pleito do Sinpojud deferiu o pagamento do passivo dos lineares da tabela do Plano de Cargos e Salários da categoria.

Quando o PCS foi criado em 2008, a cada ano era implementado uma parcela do plano. A partir de 2011 até 2015, os lineares concedidos pelo Governo Estado não incidiam sobre a tabela do PCS, somente sobre o vencimento básico do contracheque.

Com isso, a tabela do PCS ficou congelada de 2011 até outubro de 2017, quando por uma reivindicação do Sinpojud e após diversas mobilizações da categoria a tabela teve a correção dos lineares aplicada, porém o passivo dos lineares não foi pago. Ressaltando que o pagamento do passivo refere-se apenas ao periodo 2011 a 2015.

O presidente do Sinpojud, Zenildo Castro destaca que essa é mais uma conquista da entidade e de seus filiados e completa: “Estamos cumprindo a missão do Sinpojud com êxito, honrando a categoria na busca e na manutenção dos direitos de nossos filiados. Vejo isso como um reconhecimento das lutas da categoria e nesse momento em que o Sinpojud completa 28 anos de fundação, recebemos essa notícia como fruto da luta e da dedicação em prol dos servidores do judiciário baiano”, comemora o presidente.

De acordo com publicação no Diário da Justiça Eletrônica, desta sexta-feira (25), os autos do passivo serão encaminhados para a Secretaria de Gestão de Pessoas para providências nos trâmites do pagamento.
Diário n. 2308 de 25 de Janeiro de 2019

CADERNO 1 - ADMINISTRATIVO > PRESIDÊNCIA > ATOS ADMINISTRATIVOS


TJ-ADM-2018/25828 - SINPOJUD SINDICATO DOS SERVIDORES DO TJ/BA
 
Nos termos da manifestação da Consultoria Jurídica, defiro o pedido. Encaminhem-se os autos à Secretaria de Gestão de Pessoas para providências





Confira abaixo declaração do presidente, Zenildo Castro sobre essa conquista da categoria.



Voltar | Versão para Impressão