Oficias de justiça se reúnem com o Sinpojud para discutir crescimento da violência

  • Publicado: 13 Dez 2018, 13:30
  • 902 Visualizações

Os oficiais de justiça da Central de Mandados da capital e do interior participaram de reunião com a Diretoria na manhã desta quinta-feira (13), no Auditório Jurandy Lima, na sede do Sinpojud.

O principal ponto de pauta da plenária foi o crescimento exacerbado da violência e a vulnerabilidade que os oficiais encontram ao cumprirem seus mandados.
Muitos deles relataram ocorrências de ameaça por parte de traficantes com arma de fogo nos locais de risco onde realizam diligências.

Participaram da reunião, o presidente do Sinpojud, Zenildo Castro e os diretores da entidade, Maria José Silva 'Zezé' e Manuel Suzart. Diretores estes, que também são oficiais de justiça e conhecem de perto a realidade relatada pelos colegas.

Outros assuntos também foram discutidos, como o limite de cumprimento de mandados. Um oficial que não quis se identificar denunciou que, por dia tem cumprido cerca de 20 diligências e se sente sobrecarregado com a falta de limite na distribuição dos mandados.

“Vamos buscar junto ao Tribunal de Justiça e ao CNJ providências quanto ao mapeamento das áreas de risco nas principais cidades do estado, inclusive a capital”, afirma Castro que ainda deliberou, em comum acordo com os presentes, uma nova reunião marcada para o dia 21 de janeiro, às 10 horas, no Sinpojud, tendo como pauta as ações sugeridas e a elaboração de um calendário de mobilizações específico para os oficias de justiça”, finalizou o presidente.

Voltar | Versão para Impressão