Sob protesto dos servidores, reforma administrativa é aprovada

  • Publicado: 12 Dez 2018, 15:35
  • 1662 Visualizações



O nefasto Projeto de Lei de Reforma Administrativa da Bahia acaba de ser aprovado pelos deputados da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (12). Após a bancada da oposição se retirar da plenária, o projeto foi aprovado em questão de segundos.
A Reforma prevê a redução da metade da verba para o planserv, o aumento da alíquota da previdência em 2%, o corte de 800 cargos comissionados, além da extinção de órgãos como a Conder, Cis, Sudic e Bahia Pesca.
Desde a semana passada os servidores estão realizando protestos tentando barrar a votação do PL e visitando o gabinete dos deputados tentando um diálogo com o Governo, no intuito de encontrar uma alternativa para o defícit nos cofres públicos citado pelo governador do estado, que segundo ele chega a 4 bilhões, correndo o risco de os aposentados ficarem sem receber.
Ocorre que em momento algum essas contas foram apresentadas para os servidores, inclusive é o que afirma o representante do SindSefaz, durante mobilização na última sexta-feira.
Mais de 100 servidores invadiram o plenário da Casa nesta terça (12), ocupando o local e impedindo a votação da reforma. A segurança foi reforçada, com presença de equipes do Batalhão de Choque impedindo a entrada dos servidores. A imprensa também teve dificuldades de acessar o local, só podendo entrar próximo ao início da sessão.
O presidente do Sinpojud, Zenildo Castro e toda a Diretoria afirma que a medida é preocupante, no momento em que o país atravessa uma crise em que o principal alvo é o servidor. “Vamos continuar lutando sem desistir de reivindicar nossos direitos. A hora é de manter todas as categorias coesas, para evitar maiores danos ao serviço público”, alerta Castro.


Voltar | Versão para Impressão