Nota de Esclarecimento – Eleições Sinpojud

  • Publicado: 27 Nov 2018, 16:39
  • 1353 Visualizações

Sobre a matéria veiculada no portal de notícias Bocão News, nesta segunda-feira (27), a respeito do processo eleitoral para o triênio 2019/2022 desta entidade, o Sinpojud esclarece que a Comissão Eleitoral está seguindo todas as normas estatutárias para o registro das referidas candidaturas.

As acusações do servidor Adelson Costa Oliveira, candidato a presidente da chapa 2, são infundadas e a Comissão Eleitoral foi eleita pelo Conselho de Representantes Sindicais do Sinpojud, de forma honesta e democrática, como rege o Estatuto da entidade.

Esses ataques iniciaram após a candidatura da Chapa 2 ter sido indeferida pela Comissão Eleitoral, visto que dois membros não preenchiam os requisitos exigidos no Estatuto do sindicato. A Chapa 2 foi notificada no dia 10/10 através do ofício 214/2018, estipulando um prazo de cinco dias para que a situação fosse regularizada, como determina o Estatuto no Art. 60, parágrafo 2°. Decorrido o prazo estatutário e não tendo sido resolvido as pendências documentais ou requerido a substituição dos integrantes com documentação irregular a Comissão Eleitoral indeferiu a candidatura da Chapa 2.

Sobre a suposta falta de parte da documentação exigida dos candidatos a Chapa 1, que tem como presidente Zenildo Castro, a Comissão Eleitoral afirma que se trata de uma acusação inverídica e que todos os candidatos da referida Chapa apresentaram as documentações exigidas no Art 59°, inciso II do Estatuto Social do Sinpojud.

Art 59°, inciso II: “certidões negativas dos órgãos de proteção ao crédito e de processo (administrativo possível de demissão ou suspensão, cível, eleitoral) criminal passível de pena restritiva da liberdade (Estadual e Federal), transitado em julgado em nome dos concorrentes de suas respectivas comarcas”.

A Comissão Eleitoral informa ainda que toda a documentação dos membros da Chapa 1 já foram apresentadas conforme determinação através de mandado da 7ª Vara Cível e Comercial de Salvador, mostrando que a transparência do processo eleitoral e a isenção da Comissão que visa apenas representar os filiados do Sinpojud durante este processo.

Mostrando ainda a transparência do processo eleitoral a Comissão informa que o representante da Chapa 1, Zenildo Castro, autorizou que a documentação da sua Chapa fosse disponibilizada para consulta dos filiados da entidade, para que se possa conferir o trabalho isento que a comissão vem realizando.

Em seus 27 anos de fundação o Sinpojud sempre trabalhou e lutou pelos servidores do judiciário de forma transparente e democrática. Dessa mesma forma, as eleições sindicais do Sinpojud são realizadas, em conformidade com o que determina o Estatuto da entidade.

Para o Sinpojud os interesses da categoria devem sempre se sobrepor aos interesses pessoais ou político-partidários que possam prejudicar o sistema sindical, buscando-se preservar o conceito arduamente adquirido pela entidade ao longo do tempo. Qualquer afirmação contrária trata-se de acusações vazias para manchar a história de luta desta entidade.

 

Voltar | Versão para Impressão