Constituição Federal completa 30 anos em véspera de eleições presidenciais

  • Publicado: 5 Out 2018, 13:08
  • 289 Visualizações

Esse ano as eleições presidenciais acontecem no Brasil junto à data que marca 30 anos de Constituição Federal. A carta magna que foi aprovada pela Assembleia Nacional Constituinte, em 22 de setembro de 1988 e promulgada em 5 de outubro de 1988 é a lei fundamental e suprema do Brasil e trouxe à população brasileira, direitos importantes, como a instituição do estado democrático de direito e direito ao voto.

Em seu discurso antológico de promulgação da Constituição, Ulisses Guimarães afirmou: “O traidor da Constituição é traidor da Pátria” e completou referindo-se a ditadura militar: “conhecemos o caminho maldito: rasgar a Constituição, trancar as portas do Parlamento, garrotear a liberdade, mandar patriotas para a cadeia, o exílio, o cemitério”.

Nesses 30 anos de Constituição cidadã, porque feita por homens e mulheres, após tantas batalhas regadas a sangue para derrotar a ditadura fascista (1964/1985), foi construída a nossa Constituição, hoje totalmente vilipendiada por uma elite atrasada e reacionária que tira direitos dos trabalhadores e trabalhadoras deste país, mas esse povo guerreiro não perde a esperança por mais que tentem aprisioná-la.

Este ano, os eleitores terão em suas mãos a oportunidade de decidir, através desse direito conquistado com muita luta, o destino do país, que vem atravessando um período de crise político-econômica. As eleições acontecem no próximo domingo (07), onde os brasileiros elegerão presidente, senadores, deputados estaduais e federais.

A decisão nas urnas será fundamental para impedir que muitos desses direitos conquistados sejam retirados, como a reforma trabalhista, reforma previdenciária, a PEC do “Teto”, dentre tantas outras emendas em nossa jovem Constituição que atingem diretamente ao trabalhador.

Cabe a cada cidadão votar com consciência, pois o seu voto pode ser decisivo para o rumo que deve seguir o nosso país e para a preservação e manutenção de direitos adquiridos.










Voltar | Versão para Impressão