Coordenadora do Planserv esclarece dúvidas de servidores durante reunião

  • Publicado: 25 Jan 2018
  • 1165 Visualizações

A coordenadora geral do Planserv, Cristina Cardoso, esteve na sede do Sinpojud na manhã desta quinta-feira (25) para esclarecer as dúvidas dos servidores sobre o plano de saúde, que vem recebendo muitas reclamações sobre as dificuldades enfrentadas para a marcação de consultas e exames, além de esclarecer sobre uma suposta privatização.

Durante a reunião com os servidores, a gestora negou a privatização ou terceirização do plano de saúde e esclareceu que novas ferramentas de comunicação serão inauguradas a partir de março. De acordo com a gestora, o sistema será aprimorado e os beneficiários e prestadores de serviços passarão a contar com atendimento online, aplicativos com cartão virtual, novo site atual e dinâmico e central de relacionamento 24h. “Não existe possibilidade de qualquer tipo de privatização ou terceirização do Planserv. Caminhamos no sentido contrário, visando fortalecer a gestão e melhorar o atendimento aos beneficiários”, assegura a coordenadora do Plano.

A diretora de Assuntos Jurídicos do Sinpojud, Maria José Silva “Zezé”, questionou a coordenadora do Planserv sobre as cotas e relatou as reclamações dos filiados do Sinpojud que enfrentam dificuldades para marcações de determinadas especialidades e exames. “O Plansev precisa rever com seus credenciados a questão das cotas, pois é um desrespeito com os pacientes, que muitas vezes ficam meses tentando marcar uma simples consulta”, criticou Zezé.

Para o presidente do Sinpojud, Zenildo Castro, os investimentos e a mudança no Planserv são necessários e urgentes. “Temos o Setor Social que dá todo apoio ao filiado, que muitas vezes precisam vir do interior para capital para realizar um tratamento. É preciso investir em novos credenciamentos e na qualidade dos credenciados. A saúde não é mercadoria e precisa ser prioridade”, desabafa Castro.

De acordo com a gestora do Planserv, as dificuldades nas marcações podem estar ligadas a falta de prestadores de serviços em determinadas localidades e que o limite das cotas está ligado ao orçamento anual, mas que a administração está trabalhando em novos credenciamentos.

Além de representantes do Sinpojud, também participaram da reunião representantes da Fetrab, da Afpeb e de outras entidades sindicais.

A TV Sinpojud realizou uma entrevista com a coordenadora do Planserv. A entrevista completa com essas e outras informações está disponível na TV Sinpojud ou em nosso canal do Youtube.

Clique AQUI e confira a matéria completa na TV Sinpojud
Clique AQUI e confira a matéria completa em nosso canal do Youtube

Voltar | Versão para Impressão