Diretoria busca minimizar transtornos causados pela desativação de comarcas

  • Publicado: 20 Jul 2017
  • 1189 Visualizações

O SINPOJUD representado pelo presidente Zenildo Castro e o diretor de Imprensa Jorge Cardoso, estiveram reunidos com o corregedor Geral, des.Osvaldo Bonfim, além da corregedora das Comarcas do Interior, des.ª Cyntia Maria Pina e com a Assessoria da Presidência, para tratar dos assuntos concernentes à desativação de Comarcas, e os reflexos negativos que causará aos servidores e toda a sociedade baiana. Neste contexto foi abordado sobre a desativação da Comarca de São Gabriel.
A Diretoria sugeriu que, em virtude de a distância da Comarca de São Gabriel está mais próxima à Irecê, que esta seja agregada à Comarca de Irecê, que fica há 8 km de distância, o que minimiza os impactos e transtornos, tanto para os servidores quanto para a população. Conforme publicação do edital a Comarca de São Gabriel seria agregada à Comarca de Central, há uma distância de 61 km.
A sugestão do SINPOJUD foi levada em consideração pelo corregedor Geral e posteriormente apresentada na reunião do Comitê Gestor e também debatida na Comissão de Reforma Judiciária para viabilizar de forma célere e sanar tal impasse.
Na oportunidade, a Diretoria expôs a necessidade de que seja disposto, através de edital o direito de escolha aos servidores lotados nas comarcas desativadas que se habilitem indicando o local desejado a ser removido.
“O SINPOJUD está sempre em campo, lutando e buscando atender o anseio da categoria. Vamos contatar todas as 33 Comarcas imediatamente. Estamos nos organizando para visitar os colegas que estão inseridos nesse processo tão difícil, que afeta a família, estrutura e toda uma vida dedicada à justiça do nosso estado”, ressalta o presidente Castro.

Voltar | Versão para Impressão